Top
Fortunato da Câmara - Especialista - Novas Fronteiras Viagens
fade
886
page-template,page-template-full-width,page-template-full-width-php,page,page-id-886,mkd-core-1.1.1,mkdf-tours-1.3.1,voyage-ver-1.5,mkdf-smooth-scroll,mkdf-smooth-page-transitions,mkdf-ajax,mkdf-grid-1300,mkdf-blog-installed,mkdf-breadcrumbs-area-enabled,mkdf-header-standard,mkdf-sticky-header-on-scroll-up,mkdf-default-mobile-header,mkdf-sticky-up-mobile-header,mkdf-dropdown-default,mkdf-light-header,mkdf-medium-title-text,mkdf-title-with-subtitle,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

Fortunato da Câmara

Especialista Novas Fronteiras

Fortunato da Câmara

Crítico gastronómico

Fortunato da CâmaraCom o aparecimento do Semanário SOL em 2006, iniciou-se na escrita de gastronomia como crítico de restaurantes e cronista de história da alimentação. Entre 2009 e 2011, foi autor da rubrica de rádio Na rota das iguarias, crónica semanal sobre história da alimentação na rádio SIM, do grupo Renascença. Nesse mesmo ano lançou o primeiro livro, Alimentos ao sabor da história – receitas e curiosidades (Colares Editora) que foi distinguido nos Gourmand World Cookbooks Awards como o melhor de Portugal em 2011 na categoria «Culinary History».
Ainda em 2011, foi admitido no Institut des Hautes Études du Goût em França onde obteve o Diplome Universitaire du Goût, de la Gastronomie et des Arts de la Table, pós-graduação especializada em gastronomia organizada em parceria com a Universidade de Reims e a escola de cozinha Le Cordon Bleu de Paris.
Em 2011, começou a colaborar com a revista Fugas, do jornal Público, passando a assinar a crítica gastronómica em Março de 2012. Em 2013 publicou o livro Os Mistérios do Abade de Priscos – 80 histórias curiosas e deliciosas da gastronomia (Esfera dos Livros), que nesse ano foi distinguido com o prémio Literatura Gastronómica da Academia Portuguesa de Gastronomia, e que foi considerado o melhor livro de Portugal na categoria «Food Literature», nos Gourmand World Cookbooks Awards 2013.
Entre 2013 e 2015, foi convidado pelo Institut des Hautes Études du Goût para ser um dos formadores na Universidade de Reims onde lecionou uma masterclass em crítica gastronómica no Diplome Universitaire du Goût, de la Gastronomie et des Arts de la Table.


Em 2015 publicou os livros Viver Portugal com o Mediterrâneo à Mesa (CTT) considerado o melhor livro de Portugal na categoria «Mediterranean Cuisine» pelos Gourmand World Cookbooks Awards, e Manual para se tornar um verdadeiro gourmet (Manuscrito). Em 2017 recebeu o prémio «Littérature Gastronomique» da Academia Internacional de Gastronomia pela obra biográfica A Vida e as Receitas Inéditas do Abade de Priscos, em co-autoria com Mário Vilhena da Cunha.
É desde janeiro de 2015 crítico gastronómico no jornal semanário Expresso. Fez parte do Conselho Editorial do Consórcio da Cidade Histórico-Artística e Arqueológica de Mérida e foi correspondente portuguesa da Revista de Arqueologia, Madrid.
É cronista da Revista Incomunidade.
Foi responsável científica da «Revista Portugal Romano».
É responsável pela página A Lusitânia.
Pertence ao CIDHEUS, Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades.Univ. Évora.

Próximas viagens

Embarque numas das próximas viagens com este especialista