Top
Creta - a mítica ilha de Minos - Novas Fronteiras Viagens
fade
5817
tour-item-template-default,single,single-tour-item,postid-5817,mkd-core-1.1.1,mkdf-tours-1.3.1,voyage-ver-1.5,mkdf-smooth-scroll,mkdf-smooth-page-transitions,mkdf-ajax,mkdf-grid-1300,mkdf-blog-installed,mkdf-breadcrumbs-area-enabled,mkdf-header-standard,mkdf-sticky-header-on-scroll-up,mkdf-default-mobile-header,mkdf-sticky-up-mobile-header,mkdf-dropdown-default,mkdf-light-header,mkdf-large-title-text,mkdf-title-with-subtitle,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive
 

Creta

A mítica ilha de Minos
Viagens com especialistas / Creta

Creta

desde 2685€

por pessoa
29 Set - 05 Out 2024
7 dias
Mín. 15 Pessoas

Viagem a Creta

 

Durante a antiguidade greco-romana a ilha de Creta estava associada a um conjunto de mitos importantes relacionados com Zeus e Europa, seu filho, o rei Minos, e o labirinto construído por Daedalos para conter o Minotauro, parte homem parte touro, fruto da enfatuação sexual de Pasiphae, mulher de Minos, por um belo touro branco enviado do mar pelo deus Poseidon. Estas lendas provavelmente refletiam memórias de um tempo longínquo, de um mundo passado quando, durante a Idade do Bronze, a ilha possuía esplendidos complexos palacianos e rituais associados ao culto de divindades ligadas à natureza, em que o touro parece ter tido um papel central.

Devido à sua localização geográfica, entre a Europa, a África e o Levante, em Creta desenvolveu-se durante o II milénio a.C. uma civilização única, a chamada civilização Minoica, centrada em grandes complexos palacianos que funcionavam como centros administrativos e religiosos, e que mantinham contactos marítimos com o Vale do Nilo e o Mediterrâneo Oriental, contactos que se refletem na cultura material e no carácter urbano e internacional desta civilização.

Creta possui também paisagens de uma enorme beleza natural, com o mar Mediterrâneo quase sempre presente. Neste périplo pela paisagem natural de Creta, recordaremos alguns dos antigos mitos associados ao seu território, e teremos oportunidade de explorar os mais importantes sítios arqueológicos da civilização Minoica de Creta, atualmente inscritos na Lista Indicativa da UNESCO.

 

 

Ver itinerário

Creta

desde 2685€

por pessoa

1º dia – 29 de Setembro (Domingo) - Lisboa | Frankfurt | Heraklion

Comparência no aeroporto 2h antes da partida para embarque em voo Lufthansa com destino a Heraklion, via Frankfurt. Chegada, transfere para o Hotel Porto Greco Village 4* (ou similar), jantar e alojamento.

2º dia – 30 de Setembro (2ª feira) - Heraklion | Knossos | Heraklion

Visita ao complexo arqueológico de Knossos e ao Museu Arqueológico, cujo acervo inclui a melhor coleção de arte minoica em Creta. Inscrito na Lista Indicativa da UNESCO, Knossos foi um dos grandes centros palacianos da Idade do Bronze do Egeu, um complexo monumental com edifícios residenciais, santuários e arrecadações para produtos agrícolas, organizados em redor de um grande pátio central. Knossos foi inicialmente investigado no início do século XX pelo arqueólogo britânico Sir Arthur Evans, que nos deixou a sua marca no sítio, nas suas reconstruções da arquitetura palaciana e frescos do período minoico. Jantar e alojamento no Hotel Porto Greco Village 4* (ou similar).

3º dia – 1 de Outubro (3ª feira) - Heraklion | Gortyn | Phaistos | Agia Triada | Heraklion

Na planície de Mesara visitamos Gortyn, o centro administrativo de Creta durante o período romano, antes de continuar para o sítio minoico de Phaistos, inscrito na Lista Indicativa da UNESCO e o maior complexo palaciano em Creta depois de Knossos. Prosseguimos depois para Agia Triada, outro dos importantes centros da civilização Minoica na ilha, provavelmente associado ao palácio de Phaistos. Jantar e alojamento no Hotel Porto Greco Village 4* (ou similar).

4º dia – 2 de Outubro (4ª feira) - Heraklion | Malia | Gournia | Heraklion

Visita ao sítio minoico de Malia, também inscrito na Lista Indicativa da UNESCO; continuamos depois para o complexo arqueológico de Gournia, um dos mais bem preservados de Creta. Tempo livre, jantar e alojamento no Hotel Porto Greco Village 4* (ou similar).

5º dia – 3 de Outubro (5ª feira) – Heraklion | Sitia | Toplou | Káto Zákros | Heraklion

Visita ao Museu em Sitia, antes de continuarmos para o Mosteiro de Toplou, localizado na parte oriental da ilha. Visitamos depois ao sítio minoico de Káto Zákros, inscrito na Lista Indicativa da UNESCO, cujo palácio se encontra implantado na base da chamada Ravina dos Mortos. Jantar e alojamento no Hotel Porto Greco Village 4* (ou similar).

6º dia – 4 de Outubro (6ª feira) – Heraklion | Chania | Heraklion

Visita ao Museu de Heraklion cuja colecção constitui um dos melhores acervos de arte da Idade do Bronze em Creta. Continuamos depois para Chania, com os seus pitorescos cafés, restaurantes e lojas de artesanato; tempo livre em Chania. Jantar e alojamento no Hotel Porto Greco Village 4* (ou similar).

7º dia – 5 de Outubro (Sábado) – Heraklion | Frankurt | Lisboa

Pequeno-almoço no hotel. Manhã livre e almoço no hotel. Em hora a combinar localmente, transfere até ao aeroporto de Heraklion para formalidades de embarque em voo Lufthansa com destino a Lisboa, via Frankfurt.

 


Fim da viagem

Ver especialista

Luís Manuel de Araújo

Historiador / Egiptólogo

Luís Manuel de Araújo é egiptólogo e professor na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Licenciado em História, fez depois um estágio de pós-graduação em Egiptologia na Faculdade de Arqueologia da Universidade do Cairo, e o doutoramento em Letras (História e Cultura Pré-Clássica) pela Universidade de Lisboa. É membro da Academia Portuguesa da História, Associação Portuguesa de Escritores, Associação dos Arqueólogos Portugueses, Associação Portuguesa de Museologia, Associação Internacional de Egiptólogos, Conselho Internacional dos Museus e Comité Internacional para a Egiptologia (CIPEG). Dirigiu o Dicionário do Antigo Egipto (Lisboa, 2001) e estudou as coleções egípcias públicas e privadas existentes em Portugal, tendo sido o comissário científico da exposição de antiguidades egípcias do Museu Nacional de Arqueologia e da nova sala de exposição da coleção egípcia da Universidade do Porto, e assessor científico de várias exposições.

Desde 2000 que conduz visitas de estudo ao Egito, com programas elaborados pelo Instituto Oriental da Faculdade de Letras de Lisboa, passando muitos dos viajantes a ser frequentadores assíduos dos cursos de Egiptologia da sua Faculdade e das sessões culturais do Museu Nacional de Arqueologia, organizadas pelo Grupo de Amigos do Museu (de que é presidente) ou pela Associação Cultural de Amizade Portugal-Egipto (de que é secretário). Publicou mais de duzentos artigos, entradas de dicionários  e recensões críticas em diversas revistas científicas e de divulgação, e é autor de quinze livros de temática egiptológica e queirosiana, alguns deles esgotados.

 

Ver mapa

Creta

desde 2685€

por pessoa

Localização

Ver Preço

Creta

desde 2685€

por pessoa

  • Preços por pessoa
    Mínimo de 15 participantes
  • Quarto Duplo
    2.685€
  • Suplemento quarto individual
    550€

 

O preço inclui

  • Acompanhamento do Professor Luís Manuel de Araújo durante toda a viagem;
  • Acompanhamento de um responsável Novas Fronteiras Viagens durante toda a viagem;
  • Passagem aérea em classe económica para os percursos Lisboa / Frankfurt / Heraklion / Frankfurt / Lisboa - em voo regular Lufthansa com direito a 1 peça de bagagem de porão de 23kg;
  • Circuito em autocarro de turismo com guias acompanhantes em português ou espanhol durante todo o circuito;
  • 6 noites de alojamento no hotel mencionado ou similar em quarto standard (não vista mar);
  • Todas as visitas mencionadas no programa;
  • Pensão completa, desde o jantar do 1º dia ao almoço do último dia;
  • Entradas nos monumentos a visitar e mencionados no itinerário;
    • Taxas de aeroporto, segurança e combustível no montante de 292,30€ (à data de 19/3/2024 – a reconfirmar e atualizar na altura da emissão da documentação);
  • Todos os impostos aplicáveis;
  • Seguro de viagem Multiviagens Premium;

O preço não inclui

  • Bebidas às refeições;
  • Gratificações a guias;
  • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;
  • Despesas de caráter particular designados como extras.