Top
Etrúria Romana - Novas Fronteiras Viagens
fade
3409
tour-item-template-default,single,single-tour-item,postid-3409,mkd-core-1.1.1,mkdf-tours-1.3.1,voyage-ver-1.5,mkdf-smooth-scroll,mkdf-smooth-page-transitions,mkdf-ajax,mkdf-grid-1300,mkdf-blog-installed,mkdf-breadcrumbs-area-enabled,mkdf-header-standard,mkdf-sticky-header-on-scroll-up,mkdf-default-mobile-header,mkdf-sticky-up-mobile-header,mkdf-dropdown-default,mkdf-light-header,mkdf-large-title-text,mkdf-title-with-subtitle,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

Etrúria Romana

Com Vasco Sintra
Viagens com especialistas / Etrúria Romana

Etrúria Romana

desde 1725€

por pessoa
06 Set - 11 Set 2021
6 dias
Mín. 15 Pessoas

Viagem a Itália

 

Poucos destinos serão tão insólitos como o que lhe agora apresentamos: a Etrúria, terra do antiquíssimo e misterioso povo etrusco. Esta nossa inédita viagem tematica levar-nos-á à descoberta da região da Tuscia, dividida entre as provincias de Roma e Viterbo, onde poderemos explorar os principais centros da cultura etrusca, tais como Cerveteri, Tarquinia e Tuscania. Mas não poderemos certamente ignorar a beleza das suas paisagens bucólicas, marcadas por verdejantes carvalhais e pitorescos lagos vulcânicos. Viajaremos na máquina do tempo através da história do Alto Lácio, descobrindo os castelos medievais de Bracciano e Santa Severa, as catedrais românicas e góticas de Viterbo e Orvieto, e os palácios renascentistas de Caprarola e Bolsena. Não faltarão certamente as iguarias da gastronomia local, embora o sabor mais especial nos seja dado, na verdade, pelo Parque dos Monstros de Bomarzo e por Civita di Bagnoregio, a “cidade agonizante”. A capital italiana presentear-nos-á, por fim, com as duas maiores colecções de antiguidades etruscas do mundo no Museu Nacional de Villa Giulia e nos Museus do Vaticano, onde teremos também a oportunidade de visitar a inigualável Capela Sistina e a majestosa Basílica de S. Pedro. Uma viagem cultural única que enriquecerá indubitavelmente os seus conhecimentos, pois, citando o estudioso alemão Werner Keller, “foram os Etruscos que, muito antes de Roma, no período de passagem entre a Pre-História e a História, edificaram no coração da Itália uma nova civilização, estabelecendo os alicerces para uma futura ascensão da Europa”.

 

Ver itinerário

Etrúria Romana

desde 1725€

por pessoa

1º dia – 6 de Setembro (2ª feira) – LISBOA | ROMA | BRACCIANO | CANALE MONTERANO

Comparência no aeroporto de Lisboa 2h antes da partida para formalidades de embarque num voo TAP, com destino a Roma. Chegada, formalidades de desembarque, assistência pelo nosso agente local e saída para Bracciano, localidade de remotas origens etruscas, mas hoje de feições medievais. Almoço em restaurante local. Após a refeição, visitaremos o Castelo Orsini-Odescalchi, excelente exemplo de arquitectura militar e residência aristocrática do século XV. No seu interior encontram-se frescos de Antoniazzo Romano e dos irmãos Zuccari, bem como pinturas do início do Renascimento e preciosas coleções de cerâmica, armas antigas e antiguidades etruscas e romanas. O complexo castelar de forma pentagonal é composto por majestosas torres cilíndricas que dominam o belíssimo panorama do Lago de Bracciano, de origem vulcânica. No final da visita, prosseguiremos para Canale Monterano. Chegada ao hotel Terme di Stigliano 4* ou similar, jantar e alojamento.

2º dia – 7 de Setembro (3ª feira) – CANALE MONTERANO | CERVETERI | S. SEVERA | TARQUINIA | CANALE MONTERANO

Pequeno-almoço no hotel. De manhã cedo, saída em direção a Cerveteri, a antiga Kysry, potente cidade-Estado etrusca ativa em termos de comércio marítimo através dos seus três portos de Alsium, Pyrgi e Punicum. Tendo surgido no século IX a.C., a cidade atingiu o seu apogeu no século VI a.C., chegando a ser uma das mais populosas da área mediterrânica e entrando em competição com os centros urbanos gregos e fenício-púnicos. Começaremos por visitar uma das suas necrópoles mais extensas – a Banditaccia –, onde se encontram túmulos edificados pelos Etruscos entre os séculos IX e I a.C. e que foi classificada como Património da Humanidade pela Unesco. Seguidamente, faremos uma breve visita ao centro medieval, onde se destacam a Igreja de S. Maria Maior, o Palacio Ruspoli e o Castelo. No seu interior, visitaremos o Museu Nacional de Cerveteri, com o seu espolio proveniente das antigas necrópoles etruscas, composto por ossários, ânforas, vasos, ourivesaria, objetos de bronze e madeira, sarcófagos e elementos arquitetónicos de templos. Continuação para S. Severa e visita do seu Castelo à beira-mar, construído sobre o antigo porto etrusco de Pyrgi. A visita permitir-nos-á não só explorar as diferentes alas deste edifício medieval, como também observar restos do século V a.C. do antigo porto etrusco e o precioso espólio do Museu do Mar e da Navegação Antiga, resultado dos projetos de arqueologia submarina aqui desenvolvidos. Almoço em restaurante local. De tarde, seguiremos pelo litoral do Alto Lácio até Tarquínia, centro etrusco de suma importância. A antiga Tarchna, fundada no século IX a.C. pelo mítico herói Tarconte, atingiu a sua hegemonia política e comercial nos século VII e VI a.C., tendo dado origem a dois dos sete reis da Roma arcaica. Visitaremos a Necrópole de Monterozzi para contemplarmos a beleza dos seus túmulos, onde ainda se conservam os frescos originais que representam banquetes, cenas de caça e pesca, competições desportivas e personagens mitológicas. Também classificadas como Património da Humanidade pela Unesco, as maravilhas arqueológicas de Tarquínia encontram-se expostas no seu Museu Arqueológico Nacional, no interior do Palácio Vitelleschi, em estilo gótico-renascentista. A coleção contempla magníficos exemplares de sarcófagos, cerâmica e pinturas a fresco oriundas da Necrópole de Monterozzi, mas sobretudo os famosos Cavalos Alados e o Mitra de Tarquínia. Após um breve passeio pelo burgo medieval, onde se destacam a Igreja de S. Maria do Castelo e o Palácio Municipal, regressaremos a Canale Monterano. Jantar e alojamento no hotel.

3º dia – 8 de Setembro (quarta-feira) – CANALE MONTERANO | SUTRI | CAPRAROLA | LAGO DE VICO | VITERBO | CANALE MONTERANO

Após o pequeno-almoço, partida com destino à antiquíssima cidade de Sutri, de fundação etrusca, onde visitaremos o anfiteatro, escavado no terreno vulcânico entre os séculos I a.C. e I d.C. Nas imediações, salientam-se a Igreja da Nossa Senhora do Parto, um belo jardim à italiana e os vestígios do chamado Castelo de Carlos Magno, do século XIV. Foi aqui que o célebre rei francês se encontrou com o Papa Leão III, antes da sua solene coroação na Basílica de S. Pedro, em Roma, na noite de Natal de 800. Continuação para a vila de Caprarola. Visita do majestoso Palácio Farnese, erguido a partir de 1530, por Antonio da Sangallo, o Jovem, para o cardeal Alexander Farnese, futuro Papa Paolo III. O projeto deste palácio pentagonal foi continuado por Vignola e constitui-se como uma obra-prima da arquitetura tardo-renascentista e da pintura maneirista. No seu interior encontram-se frescos dos irmãos Zuccari, Antonio Tempesta, Giacomo Bertoja, entre outros. Deliciar-nos-emos com a sua Escada Real, a Sala de Hércules, a Sala dos Anjos, a Sala do Globo Terrestre e os magníficos jardins. Almoço nas imediações do Lago de Vico. Pela tarde, daremos um agradável passeio por Viterbo, capital da província mais a norte do Lácio. Foi nesta pequena cidade que os papas se refugiaram entre 1257 e 1281, tendo deixado Roma, na época pouco segura e envolvida em sangrentas guerras civis. O seu bairro medieval, dedicado a S. Peregrino, é composto por antigas muralhas, torres, igrejas, palácios nobres e antigas casas feitas de pedra vulcânica. Fulcro da nossa visita serão a Catedral de S. Lourenço, do século XII, onde se encontra sepultado o único papa português da Historia (João XXI); e o gótico Palácio dos Papas, residência papal de 1255 a 1267, onde tiveram lugar vários conclaves, muito antes da construção da Capela Sistina, no Vaticano. Continuaremos com a visita do Museu Nacional Etrusco, que alberga objetos provenientes de sítios arqueológicos nas imediações da cidade e uma extraordinária biga de bronze do IV seculo a.C. Para completar o passeio, efetuaremos uma breve passagem pela Praça do Plebiscito, onde se encontram o Palácio dos Priores (atual Camara Municipal), o Palácio do Podestà, o Palácio da Prefeitura e o Palácio Chigi. Regresso ao hotel, jantar e alojamento.

4º dia – 9 de Setembro (5ª feira) – CANALE MONTERANO | TUSCANIA | BOLSENA | CIVITA DI BANOREGIO | CANALE MONTERANO

Pequeno-almoço e partida para Tuscania. Antigo centro etrusco, apresenta hoje um aspeto essencialmente medieval, onde se destacam muralhas, torres, vielas e igrejas, nomeadamente a Igreja de S. Maria Maior, que, tendo sido edificada no século VI, foi a primeira catedral da cidade. Os seus portais ricamente esculpidos com baixos relevos e o fresco do Juízo Final, do século XIV, serão o alvo da nossa visita. Seguiremos para a Igreja de S. Pedro, onde sobressaem, a bela fachada do século XIII, a rosácea e as pinturas a fresco do seu interior. Em frente, poderemos observar a área arqueológica onde foram achados vestígios da acrópole etrusco-romana da cidade. Ao longo do nosso passeio, teremos a oportunidade de admirar ainda as igrejas de S. Maria do Repouso e de S. Maria da Rosa, bem como o Palácio Spagnoli, a Catedral, a Fonte Grande, a Torre de Lavello, a Fonte das Sete Canelas, a Câmara Municipal, a Igreja de S. Leonardo, o Teatro Il Rivellino e a Igreja de S. Francisco. Terminaremos com uma breve visita do Museu Nacional de Tuscania, que alberga os tesouros dos templos das famílias Curunas e Vipinanas, as mais importantes do período etrusco. Prosseguimento para Bolsena, a antiga Velzna etrusca, famosa pelo milagre eucarístico de 1263. Tempo para um agradável passeio pelas ruas do pitoresco burgo medieval para admirar a Igreja de S. Francisco, o Castelo Monaldeschi, o Palácio del Drago e a Basílica de S. Cristina. Almoço no centro histórico. A tarde será dedicada a um relaxante passeio de barco no Lago de Bolsena, o segundo maior da Itália Central, durante o qual poderemos visitar a Ilha Martana, com vestígios de um castelo medieval e da Igreja de S. Estevão (século IX); e a Ilha Bisentina, com o Palácio Farnese e a Igreja de S. Tiago e S. Cristóvão. As vistas a partir do lago são imperdíveis. A poucos quilómetros encontra-se a encantadora aldeia de Civita di Bagnoregio, última meta da nossa jornada. Conhecida como “a cidade em agonia”, esta minúscula aldeia medieval foi construída a 433 metros sobre o nível do mar e esta periclitantemente apoiada sobre um rochedo de pedra vulcânica, o que levou ao seu gradual e quase total abandono. A única forma de aceder a esta localidade é caminhando sobre uma ponte de cimento armado. Aqui nasceu S. Boaventura, em 1221, e aqui se encontram a Igreja de S. Donato e o palácio Mazzocchi-Alemanni. Ao final da tarde, regresso ao hotel. Jantar e alojamento.

5º dia – 10 de Setembro (6ª feira) – CANALE MONTERANO | BOMARZO | ORVIETO | CANALE MONTERANO

Pequeno-almoço e saída com destino a Bomarzo, pequeno burgo em pedra vulcânica que se estende em redor do Palácio Orsini, do século XVI. O fulcro da visita será o celebre Parque dos Monstros, uma das atrações mais singulares da nossa viagem. De inspiração maneirista e proto-barroca, foi especialmente concebido, entre 1552 e 1580, pelo príncipe Vicino Orsini, para surpreender e desconcertar os seus visitantes. Trata-se de um peculiar conjunto de jardins, fontes, edifícios de formas irregulares, figuras gigantescas de seres humanos e de animais monstruosos e fantásticos, esculpidos em grandes rochedos espalhados pela paisagem da zona. Dragões, elefantes, baleias, esfinges, máscaras e templos tornam-no um lugar de intensas sugestões mágicas e místicas. Continuaremos para Orvieto, situada no sul da região da Umbria e conhecida como uma das joias da cultura etrusca. Ainda de manhã, visitaremos o extraordinário Poço de S. Patricio, construído em 1527 por vontade do Papa Clemente VII e projetado por Antonio da Sangallo, o Jovem. A sua estrutura constitui-se como uma obra-prima de engenharia renascentista formada por duas escadas helicoidais sobrepostas. Almoço em restaurante local. Após a refeição, teremos a oportunidade de descer aos subterrâneos da cidade, compostos por uma verdadeira rede de grutas e corredores que atravessam o grande rochedo vulcânico sobre o qual foi edificado este centro urbano. Após um breve passeio pelo centro histórico, onde contemplaremos a Torre do Mouro, o Palácio dos Congressos e a Igreja de S. André com a sua torre sineira dodecagonal, daremos início à visita da Catedral, verdadeiro ex libris desta cidade. Dedicada a Nossa Senhora da Anunciação, foi erguida a partir de 1290 pelo Papa Nicolau IV, tendo as obras de construção durado cerca de trezentos anos. Os baixos-relevos, as esculturas do século XIV, os mosaicos coloridos e a grande rosácea de Orcagna que adornam a fachada com cenas do Antigo e do Novo Testamento são algumas das maravilhas deste edifício românico - gótico. No seu interior, outra relíquia artística é a celebre Capela de S. Brixio, que, em pleno Renascimento, foi decorada a fresco por Beato Angélico, Benozzo Gozzoli e Luca Signorelli. Regresso a Canale Monterano. Jantar e alojamento no hotel.

6º dia – 11 de Setembro (Sábado) – CANALE MONTERANO | ROMA | LISBOA

Pequeno-almoço e formalidades de check-out. Partida para Roma, a sétima maior cidade da Europa, conhecida por “Cidade Eterna”. As maravilhas da “Cidade das Sete Colinas” são inúmeras e atravessam todas as épocas históricas, do seculo VIII a.C. à atualidade, porém a nossa visita ira focalizar-se apenas nos dois melhores museus da civilização etrusca a nível mundial. De manhã, deslocar-nos-emos ao Vaticano para uma visita ao Museu Gregoriano Etrusco, uma das catorze coleções que compõem o complexo museológico da Santa Sé. Fundado em 1837 por Gregório XVI, apresenta uma recolha dos principais achados arqueológicos do Alto Lácio, nomeadamente nos centros etruscos de Cerveteri, Tarquinia, Tuscania, Vulci e Veios. Percorrendo as vinte e duas salas deste extraordinário museu, teremos o privilégio de admirar obras-primas da Humanidade como o Marte de Todi, o Vaso de Aquiles e Aiax que Jogam aos Dados, os tesouros do Tumulo Regolini-Galassi, entre muitas outras obras de cerâmica, bronze, ourivesaria e sarcófagos de várias épocas. O nosso percurso nas galerias de arte pontifícias terminará com a visita da celebérrima Capela Sistina, onde tem lugar, há mais de quinhentos anos, as eleições dos papas. Na capela privada do papa foi atingido o máximo esplendor da pintura renascentista, tendo aqui trabalhado artistas como Signorelli, Botticelli, Ghirlandaio, Perugino e o grande Miguel Ângelo. A visita culminara com a visita da Basílica de S. Pedro, o maior templo cristão do mundo, para admirarmos a Pietà de Miguel Ângelo e a magnifica arquitetura de João Lourenço Bernini. Almoço nas imediações da Praça de S. Pedro. A decisão de deixar o Museu Nacional Etrusco de Villa Giulia para o final da viagem não foi casual: neste edifício erguido pelo papa Júlio III em meados do século XVI encontra-se, indubitavelmente, a melhor e maior coleção de arte etrusca do mundo. Salientamos que o seu espólio é também composto por achados relativos à cultura falisca, mas a nossa atenção ira certamente para o legado etrusco, do qual salientamos o Sarcófago dos Noivos, o Apolo de Veios, as laminas de Pyrgi, o Centauro de Vulci, a Olpe Chigi e a Cista Ficoroni. Entre cerâmicas, sarcófagos, bronzes, ourivesaria, reconstruções de templos e outras peças de inestimável valor, o tempo passara levemente e chegaremos ao término da nossa incursão no mundo etrusco, do qual recordaremos para sempre a grandiosidade e relevância histórico- artística.

Em hora a combinar localmente, transfere ao aeroporto para embarque em voo regular TAP 843 com partida às 21.15 com destino a Lisboa. Chegada a Lisboa às 23.25.

 

Fim da viagem

NOTA: Horários de voos sujeitos a alteração por parte da companhia aérea.
Ver especialista

Vasco Sintra

Guia cultural oficial em Itália

Vasco André Oliveira Sintra
Nascido na Figueira da Foz em 1983, desde sempre nutre uma grande paixao por História, Arqueologia, Arte, Geografia e Línguas, pelo que, desde tenra idade, começa a aprofundar os seus conhecimentos acerca de culturas antigas, História de Portugal e de outros países, bem como de línguas e literatura estrangeiras.

Em 2001, inicia a Licenciatura em Jornalismo na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e, em 2003, muda-se para Roma, a fim de cumprir o programa Erasmus, que acaba por durar dois anos lectivos. Terminada a licenciatura, entra como estagiário na Agência Lusa, em Lisboa, e regressa a Itália, como seu correspondente.

O seu espírito inquieto e curioso levam-no também a dar início a uma carreira no mundo do turismo, trabalhando em diversos sectores até alcançar a posição de proprietário e director de um operador turístico na capital italiana. Sedento de novas experiências e dando asas ao seu carácter empreendedor, decide continuar a aprofundar os seus estudos no âmbito arqueológico, histórico e artístico, tendo obtido, em 2010, a licença de Guia Turístico Oficial de Roma.

Simultaneamente, acompanha grupos de turistas de língua portuguesa em toda a Itália. O seu amor pelo Belo coroa-se com uma longa experiência de trabalho no grandioso templo da arte mundial que são os Museus do Vaticano.
A paixão pela Geografia e o domínio de vários idiomas (português, italiano, inglês, espanhol, francês, alemão, holandês, russo e grego moderno) caminham paralelamente no seu mundo, sendo fontes inesgotáveis de emoções, descobertas e novos desafios. Da sua experiência de vida fazem parte, com efeito, viagens culturais a vários países, em diversos continentes.

No entanto, o seu infinito amor por Itália, seu país de adopção há quase duas décadas, criou em si o desejo de o desvendar, narrar e fazer amar a todos os que o seguem nas suas viagens de exploração de cunho histórico-cultural.

Ver mapa

Etrúria Romana

desde 1725€

por pessoa

Localização

Ver Galeria

Etrúria Romana

desde 1725€

por pessoa

  • Preços por pessoa
    Mínimo 15 participantes
  • Em quarto duplo
    1.725€
  • Suplemento quarto individual
    280€

O preço inclui

  • Acompanhamento do nosso especialista Vasco Sintra (em Roma);
  • Acompanhamento por um elemento de Novas Fronteiras Viagens durante toda a viagem, desde Lisboa (mínimo de 15 pessoas);
  • Passagem aérea em classe económica para percurso Lisboa / Roma/ Lisboa, em voos regulares TAP com direito a 1 peça de bagagem com 23 kg;
  • 5 noites de alojamento no Hotel Terme de Stigliano 4**** ou similar;
  • Refeições conforme programa (6 almoços e 5 jantares);
  • Todos os transportes como indicado no programa;
  • Guias locais de expressão portuguesa;
  • Todas as visitas mencionadas no itinerário (devido a questões governamentais a ordem das visitas pode ser alterada mas todas serão garantidas);
  • Todas as entradas mencionadas no programa;
  • Todos os impostos aplicáveis;
  • Taxas de aeroporto, segurança e combustível no montante de 46,00€ (à data de 28/10/2020) – a reconfirmar e atualizar na altura da emissão da documentação);
  • Audio-guias;
  • Seguro Multiviagens;

O preço não inclui

  • Bebidas às refeições);
  • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;
  • Despesas de caráter particular designados como extras.
  • Gratificações a guia e motorista