Top
Jordânia - Novas Fronteiras Viagens
fade
1602
tour-item-template-default,single,single-tour-item,postid-1602,mkd-core-1.1.1,mkdf-tours-1.3.1,voyage-ver-1.5,mkdf-smooth-scroll,mkdf-smooth-page-transitions,mkdf-ajax,mkdf-grid-1300,mkdf-blog-installed,mkdf-breadcrumbs-area-enabled,mkdf-header-standard,mkdf-sticky-header-on-scroll-up,mkdf-default-mobile-header,mkdf-sticky-up-mobile-header,mkdf-dropdown-default,mkdf-light-header,mkdf-large-title-text,mkdf-title-with-subtitle,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive
 

Jordânia

Explorando a Arábia Nabataea
Viagens com especialistas / Jordânia

Jordânia

desde 3200€

por pessoa
09 Out - 19 Out 2019
11 dias
Mín. 15 Pessoas

Viagem à Jordânia

O Reino Hashemita da Jordânia é um país com uma rica herança cultural e histórica, que remonta a um passado longínquo, aos primórdios da história da humanidade no Médio Oriente. Parte do chamado Crescente Fértil, onde as origens da agricultura e da vida sedentária se desenvolveram há cerca de 11.000 anos, a par com as regiões vizinhas, como o Egipto e a Mesopotâmia, aqui também se desenvolveram civilizações urbanas a partir da Idade do Bronze, cedo atraindo Egípcios, Assírios, Babilónios e Persas. Em finais do século IV a.C., os sucessores de Alexandre estabelecem na região prósperos reinos que resultam na rápida helenização do território e das suas gentes, e evidente na implantação dos grandes centros urbanos da Decapolis – a liga das “dez cidades” – como Gerasa (Jerash), Gadara (Umm Qais) e Philadelphia (Amman). Este foi, igualmente, o período de consolidação do reino árabe pré-islâmico dos nabateus, cuja capital política e religiosa, Petra, constitui hoje uma das principais atrações turísticas do país.

A Jordânia faz também parte de um espaço geográfico e ideológico que, desde a antiguidade romano-bizantina, é conhecido como Terra Santa. Aqui tiveram lugar alguns dos acontecimentos descritos no Antigo e Novo Testamentos, como a passagem de Moisés por Wadi Musa (Petra) e Monte Nebo, e alguns dos episódios relacionados com João Baptista, Jesus e os seus seguidores. Este foi também um dos primeiros territórios a ser islamizado, tornando-se a estepe oriental, parte do grande Deserto Arábico, um local de lazer e meditação para os Califas Omíadas de Damasco, que aqui deixaram o testemunho da sua passagem em edifícios como Qusair ‘Amra e Qasr el-Kharanah.

Este percurso convida a uma viagem através do tempo, entre o passado longínquo e as origens recentes do Reino Hashemita, por um território de grandes contrastes geográficos que se refletem em paisagens de uma enorme beleza natural, entre as terras férteis do planalto jordaniano, o majestoso Vale do Rift e o grande Deserto Arábico, por sítios classificados Património da Humanidade pela UNESCO, numa região do mundo rica em tradição e hospitalidade

 

 

Ver itinerário

Jordânia

desde 3200€

por pessoa

1º dia – 09 Outubro (4ª feira) - Lisboa | Amman

Comparência no aeroporto 2 horas antes da partida para embarque num voo Turkish Airlines com destino a Amman (via Istambul). Chegada, assistência nas formalidades de desembarque, e transfere para o Hotel Harir Palace 4* ou similar, para estadia de 3 noites.

2º dia – 10 Outubro (5ª feira) - Amman | Qasr el-Kharanah | Qusair ‘Amra | Azraq | Amman

Amman, a capital do Reino Hashemita da Jordânia, foi um importante centro urbano durante os II-I milénios a.C., sendo mencionada no Antigo Testamento como Rabbat ʿAmmon, capital do reino dos Amonitas. Durante o período Helenístico, em homenagem a Ptolemeu Philadelphos (283-246 a.C.) do Egipto, a cidade passa a ser denominada de Philadelphia e integra a liga da Decapolis. Iniciamos as nossas visitas na Cidadela de Amman, que inclui os restos do monumental templo de Hércules, construído em 162-6 d.C. durante o principado de Marco Aurélio, e a grande sala de audiência do palácio Omíada. Continuamos depois para o Teatro Romano e para o Museu Nacional da Jordânia, ambos localizados no centro da cidade. Partimos depois para o deserto oriental e o Oásis de Azraq, visitando durante o percurso os sítios Omíadas de Qasr el-Kharanah e Qusair ‘Amra, este último classificado Património da Humanidade pela UNESCO. Depois da visita ao forte romano em Azraq, regresso a Amman. Jantar e alojamento no Hotel Harir Palace 4* ou similar.

3º dia – 11 Outubro (6ª feira) – Jerash | Umm Qais | Amman

Visita a Jerash, antiga Gerasa e um dos principais centros urbanos da Decapolis, a liga das “dez cidades”, que constituíam grandes centros da cultura helenística numa região maioritariamente semita. Depois da visita continuamos para Umm Qais, a antiga Gadara da Decapolis, implantada numa colina adjacente ao vale do rio Yarmuk, um afluente do Rio Jordão. Durante o século I a.C. a cidade tem orgulho em ser terra natal do poeta Meleager e do filósofo epicurista e poeta Philodemos. Jantar e alojamento no Hotel Harir Palace 4* ou similar.

4º dia – 12 Outubro (sábado) – Monte Nebo | Madaba | Kerak | Petra

Partida para sul, em direcção a Petra. Visita ao sítio arqueológico e sagrado de Monte Nebo, associado à figura bíblica de Moisés, e a Madaba, cidade habitada por uma das maiores comunidades cristãs da Jordânia, onde teremos oportunidade de visitar a Igreja de S. Jorge e o famoso mosaico, datado de c. 560 d.C., com a representação de um mapa da chamada Terra Santa. Continuamos depois para o imponente castelo de Kerak, construído durante o período das Cruzadas e o centro politico-administrativo da Oultrejordain latina. Jantar e alojamento no Hotel Movenpick Resort Petra 5* ou similar.

5º dia – 13 Outubro (domingo) - Petra

Petra, classificada pela UNESCO como Património da Humanidade, encontra-se localizada entre as imponentes montanhas de arenito vermelho na parte oriental do Vale do Rift na Jordânia. Durante os séculos III a.C. - I d.C., este foi o grande centro político e religioso dos Nabateus, uma nação árabe pré-islâmica que se especializava no comércio caravaneiro do franco-incenso da Arábia Felix e das especiarias do Índico. Hoje seguimos o percurso pedonal entre o Siq e o Kasneh, e o conjunto de monumentos ao longo do trilho para o Alto Lugar de Sacrifício. Após o almoço, em Petra, visitamos o conjunto de monumentos no centro do sítio arqueológico, incluindo o templo de Dushara (Qasr el-Bint), e o Grande Templo. Estadia no Hotel Movenpick Resort Petra 5* ou similar.

6º dia – 14 Outubro (2ª feira) - Petra

Segundo dia de visitas em Petra, seguindo o percurso do Siq até ao Kasneh, passando pelo teatro romano, os Túmulos Reais e a igreja do período Bizantino. Após o almoço, em Petra, seguimos o trilho que ascende para o Deir, visitando o conjunto de monumentos situados ao longo do percurso. Estadia no hotel Movenpick Resort Petra 5* ou similar.

7º dia – 15 Outubro (3ª feira) – Petra | Beidha | Wadi Rum

Partida de Petra em direcção a Wadi Rum, visitando durante o percurso o conjunto de monumentos religiosos - triclinios e sanctuários - do período nabateu no vale denominado de “Pequena Petra”, e passeio pedonal até ao sítio arqueológico de Beidha, datado do período Neolítico Acerâmico B (c. 7000 a.C.). Em Wadi Rum, classificado Património da Humanidade pela UNESCO, visitamos em veículos de 4x4 o interior do Deserto Arábico. Estadia de uma noite no Wadi Rum Night Camp em Wadi Rum.

8º dia – 16 Outubro (4ª feira) - Wadi Rum | Aqaba

Depois de assistir ao nascer do sol entre as montanhas de arenito vermelho de Wadi Rum, regresso ao acampamento para o pequeno-almoço, e partida para Aqaba no Mar Vermelho. Em Aqaba visitamos o forte otomano e casa-museu de Sharif Hussein bin Ali, Grande Sharif de Mecca e trisavô do actual rei Abdullah II da Jordânia. Tarde livre na praia do Movenpick City Hotel 5* ou similar. Jantar no hotel e passeio pelo centro da cidade.

9º dia –17 Outubro (5ª feira) - Aqaba | Wadi Araba | Mar Morto

Passeio matinal em barco com fundo de vidro entre os bancos de corais do Golfo de Aqaba. Partida de Aqaba em direcção ao Mar Morto, ao longo do Wadi Araba, parte do grande Vale do Rift. Estadia de 2 noites no Holiday Inn 5* ou similar, na margem do Mar Morto.

10º dia – 18 Outubro (6ª feira) - Wadi Mujib | Mar Morto

Caminhada matinal na Reserva Natural de Wadi Mujib. Inscrita na Lista Indicativa da UNESCO para Património da Humanidade, a reserva está implantada no ponto mais baixo do planeta. O trilho começa junto à foz do Wadi Mujib, na margem do Mar Morto, a cerca de 400 m. abaixo do nível do mar, seguindo um percurso pedonal pelo leito do rio até uma das grandes quedas d’água do rio Mujib. Regresso ao hotel e tarde livre. Jantar e alojamento no Holiday Inn 5* ou similar.

11º dia –19 Outubro (sábado) - Amman | Lisboa

Transfere para o aeroporto de Amman para embarque no voo da Turkish Airlines com destino a Lisboa (via Istambul).
Ver especialista

Álvaro Figueiredo

Arqueólogo

Álvaro Figueiredo especializou-se em Arqueologia do Próximo e Médio Oriente Antigo no Institute of Archaeology, University College London, e estudou Árabe na School of Oriental & African Studies, University of London. A sua formação académica e profissional leva-o de Londres ao Medio Oriente, onde se destaca a sua participação em projectos de investigação arqueológica no sítio Pré-dinástico de Hierakonpolis, no Egipto, em ‘Azraq e em Qasr Burqu’, na Jordânia, e no tell arqueológico de Qadesh, na Síria, local da famosa batalha entre Ramses II e os Hititas.

A experiência de vida em diferentes países resulta no convite do Bristish Museum e, mais tarde, do Museu Nacional de Arqueologia, para acompanhar viagens culturais a países do Médio Oriente, Ásia Central, India e África Oriental.

Ao longo dos anos tem colaborado com o Museum of London Archaeology (MOLA - Londres), com a empresa Era Arqueologia em Portugal, e com o Museu Nacional de Arqueologia (Lisboa), onde integra a equipa de investigação radiológica e bioarqueológica do Lisbon Mummy Project.

Conferencista e professor convidado por universidades e outras instituições de natureza cultural e cientifica no Reino Unido, em Portugal e nos EUA onde, depois do seu projecto arqueológico em Troia, foi em 2006 “Portugal Fund Lecturer” a convite do Archaeological Institute of America.

Autor de textos para publicações de carácter científico e exposições museológicas, tem interesses específicos nas áreas da Egiptologia, Arqueologia do Mediterrâneo Oriental, Império Romano, origens e desenvolvimento do Islão, e história contemporânea do Médio Oriente e do Subcontinente Indiano.

Trabalha e vive entre as cidades de Londres e Lisboa.

 

Ver mapa

Jordânia

desde 3200€

por pessoa

Localização

Ver Preços

Jordânia

desde 3200€

por pessoa

  • Preços por pessoa
    Mínimo de 15 participantes
  • Em quarto duplo
    3200€
  • Suplemento quarto individual
    695€

O preço inclui

  • Acompanhamento por parte de Álvaro Figueiredo durante toda a viagem;
  • Acompanhamento por um elemento da agência Novas Fronteiras;
  • Passagem aérea em classe económica em voo regular da Turkish Airlines, para percurso Lisboa / Istambul / Amman / Istambul / Lisboa, com direito a 1 peça de bagagem com 23 kg;
  • Alojamento nos hoteis mencionados no programa ou similares;
  • Pensão completa desde o pequeno almoço do 2º dia até ao jantar do 10º dia;
  • Todos os transportes como indicado no programa;
  • Guias locais de língua Espanhola;
  • Todas as visitas mencionadas no itinerário;
  • Todas as entradas mencionadas no programa;
  • Todos os impostos aplicáveis;
  • Taxas de aeroporto, segurança e combustível no montante de 312,00€ (à data de 09/11/2018 – a reconfirmar e actualizar na altura da emissão da documentação);
  • Visto de entrada na Jordânia
  • Seguro Multiviagens

O preço não inclui:

  • Bebidas às refeições;
  • Gratificações a guias;
  • Excursões opcionais não indicadas no programa;
  • Extras de caráter particular e tudo o que não estiver mencionado como incluído.

NOTA: Os preços apresentados poderão sofrer alterações devido a alterações cambiais (Us Dollar).